Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Douradina / PR

Você está aqui: Home / Colunistas / Atividade Física e Qualidade de Vida / Colesterol – PARTE IV - Relação Triglicérides / Colesterol
Atualizado


Colesterol – PARTE IV - Relação Triglicérides / Colesterol

 


Chegou à vez de falar sobre o Triglicérides - um tipo de gordura (lipídio). Os triglicerídeos e o colesterol são tipos separados de lipídios que circulam no sangue. Enquanto o primeiro é utilizado para armazenar calorias não utilizadas e fornecer ao corpo energia, o colesterol é usado para construir células e determinados hormônios. Ambos não conseguem se dissolver no sangue, então circulam em todo o seu corpo com a ajuda de proteínas que transportam os lipídios (lipoproteínas).


Podem ser adquiridos por meio da alimentação ou produzidos pelo próprio organismo, no fígado. Quando em excesso no sangue, trata-se de hipertrigliceridemia, condição que pode ocasionar, entre outras coisas, obesidade, esteatose hepática (gordura no fígado) e as DOENÇAS CARDIOVASCULARES.


Este aumento de triglicérides decorre do consumo de substâncias como álcool, farinha e açúcar refinados, ou com excesso de frutose (presente também em bebidas alcoólicas e sucos industrializados, mas, sobretudo, embutida em produtos como xarope de milho ou maça). A frutose transformada em triglicérides pode aumentar o colesterol ruim. Isso porque a frutose não é utilizada pelo cérebro e tampouco músculos, o único órgão com avidez é o fígado, que a processa em LDL e, com isso, ocasiona altos níveis de LDL (75%) e triglicérides altos. Em contrapartida, o consumo da gordura animal aumenta apenas 25% do LDL e não eleva triglicérides.


Durante muito tempo colesterol foi erroneamente julgado e as gorduras de origem animal taxadas de vilãs. Quando, na verdade, as doenças cardíacas e obesidade são fruto do consumo da farinha refinada, açúcares e alimentos processados. A gordura saturada foi absolvida do banco dos réus [1].


A relação triglicérides/HDL é de longe o melhor preditor de doença cardiovascular, do que a relação que costuma ser costumeiramente analisada como colesterol/HDL.


Esta relação triglicérides/HDL deve ser abaixo de 1,7 – valores superiores significam um risco aumentado.


Para decifrar qual é a produção de cada tipo de LDL, devem ser analisados o triglicérides e o HDL colesterol (conhecido como o bom). Veja um modo simples de saber se você tem muito LDL colesterol:


● Se o seu triglicérides é baixo e o seu HDL é alto, então seu LDL é do tipo bom.


● Se o seu triglicérides é alto e o seu HDL é baixo, então seu LDL é ruim.


No próximo artigo abordarei sobre o colesterol x doenças cardiovasculares. Aguardem!


 


 


 


 


Profª Esp. Andréia Luiz


CREF – 004703-G/PR


 


 



Fonte: [1] Malhotra Aseem. Saturated fat is not the major issue BMJ 2013; 347 :f6340.

Deixe seu comentário

Você está em Douradina / PR
Portal Douradina
Unidade Douradina, PR


Geazer Rodrigues dos Santos Silva - ME - 17.055.660/0001-72
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®
X