Portal da Cidade Douradina

Região

Idoso é preso após matar cachorro que comeu galinha em Ponta Grossa, diz GM

Animal, que era da família, foi agredido com uma foice, segundo a Guarda Municipal. Suspeito pode responder por maus-tratos aos animais.

Postado em 13/08/2019 às 14:54 |

(Foto: Guarda Municipal/ Divulgação)

Um idoso foi preso após matar um cachorro na manhã desta segunda-feira (12), em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Segundo a Guarda Municipal (GM), o suspeito disse que matou o cachorro, que era da família, porque o animal estava comendo uma criação de galinhas.

O caso foi registrado em um Boletim de Ocorrência (B.O.). De acordo com o boletim, o homem, de 70 anos, relatou que sacrificou o animal porque ele estava pegando os animais que são da propriedade da irmã dele. 

A Guarda Municipal informou que foi acionada pela filha do idoso. Quando a equipe chegou ao local, o animal já havia sido enterrado. De acordo com a GM, o homem utilizou uma foice para agredir o animal. 

O idoso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Ponta Grossa, onde prestou depoimento e foi liberado. 

Na delegacia, o homem disse que gastou o dinheiro que tem para investir na criação e que não conseguia administrar um cachorro que matava os animais, conforme o boletim. 

A Polícia Civil disse que o idoso pode responder por maus-tratos aos animais. Ainda de acordo com a polícia, o homem demonstrou que não sabia que a prática era errada. 

O prefeito Marcelo Rangel (PSDB) publicou em uma rede social que a prefeitura irá autuar o homem por crime ambiental. 

Segundo a GM, 193 casos de maus-tratos foram registrados este ano, em Ponta Grossa.

Fonte:

Deixe seu comentário