Portal da Cidade Douradina

EMU

Bombeiros encontram ovo de ave australiana em Cruzeiro do Oeste

Conhecida como cachorro de penas, a ave de temperamento dócil pode chegar a ter 60 quilos e 1,90 metro de altura.

Postado em 13/07/2018 às 15:45 | Atualizado hoje às 17:40

Os ovos são chocados pelo macho, que perde até um terço de seu peso na atividade. (Foto: Bombeiros Municipal)

Os Bombeiros Municipais de Cruzeiro do Oeste se depararam com uma ocorrência inusitada no início da tarde desta quinta-feira (12). Uma equipe acabou encontrado um ovo de emu – a maior ave nativa da Austrália, que depois do avestruz, é a segunda maior ave do mundo.

De acordo com os bombeiros, o ovo foi encontrado em uma das ruas do Jardim Cruzeiro, logo após a solicitação de um morador, que assim como outros, achou muito estranho o até então desconhecido objeto de textura áspera e cor escura, que estava na frente de uma residência.

Assim que o ovo foi levado para a sede dos bombeiros, teve início uma pesquisa que terminou quando um biólogo da cidade identificou o ovo. “Também pesquisamos em alguns sites e entramos em contato com a Polícia Ambiental”, disse o bombeiro municipal, Pablo Guimarães.

“O proprietário do ovo pode buscá-lo, desde que comprove ser realmente o dono dele”, destacou Guimarães. Os bombeiros acreditam que em Cruzeiro do Oeste possa até existir um criador da ave, porém, de forma irregular. Assim, o ovo deverá permanecer como souvenir para os Bombeiros Municipais de Cruzeiro do Oeste.

Curiosidade

Comercializada como ave exótica, o emu é conhecido como cachorro de penas, de temperamento dócil pode chegar a ter 60 quilos e 1,90 metro de altura. Por isso, para levá-lo para casa, é preciso que haja espaço. A recomendação dos especialistas é que um casal de emus viva em um terreno de 100 metros quadrados.

Saiba mais sobre o animal:

- Custa entre mil (filhote) e seis mil reais (adulto)

- É a segunda maior ave do mundo, atrás apenas do avestruz — e não voa

- A alimentação é composta de folhas verdes, capim e ração

- Os ovos são chocados pelo macho, que perde até um terço de seu peso na atividade

- A ave pode correr a até 50 km/h (a velocidade média dos cães é de 30 km/h)


Fonte: Portal da Cidade Umuarama

Deixe seu comentário