Portal da Cidade Douradina

AVISO

Provas do concurso para policiais e bombeiros militares do Paraná são adiadas

É importante ressaltar que somente as provas foram adiadas, não houve o cancelamento do concurso. Saiba mais na reportagem.

Postado em 21/05/2020 às 14:32 |

(Foto: AEN)

As provas do concurso para soldado da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Paraná foram adiadas e o anúncio da decisão foi feito por meio de nota publicada nesta quarta-feira (20) pela Polícia Militar do Estado.

“A Policia Militar do Paraná e o Núcleo de Concursos da UFPR informam que as provas para a graduação de Soldado PM e BM foram adiadas em razão das atuais implicações sanitárias frente ao coronavírus”, informa nota publicada no Instagram Oficial da Polícia Militar do Paraná. 

“É importante ressaltar que somente as provas foram adiadas, não houve o cancelamento do concurso”, destacada outro trecho do comunicado oficial. A corporação e o Núcleo de Concursos da UFPR, que organiza a seleção, ainda não possuem uma previsão de quando os exames serão reagendados. 

As datas das provas, previstas para começar no dia 28 de junho, poderiam mesmo serem alteradas por conta das medidas de prevenção e combate ao coronavírus (covid-19), conforme o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná, banca responsável pelo concurso. 

Agora, é necessário que o candidato acompanhe atentamente o portal do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná para se informar sobre as novas datas das provas e testes e demais alterações. 

Seleção 

São ofertadas 2 mil vagas para policial militar e 400 vagas para Bombeiro Militar. O concurso é composto pela Prova de Conhecimentos, Exame de Capacidade Física (ECAFI); Exame de Sanidade Física (ESAFI); Avaliação Psicológica (AP) e Investigação Social (IS). 

A Prova de Conhecimentos está prevista que ocorra nas cidades de Campo Mourão, Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Ivaiporã, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Paranaguá, Paranavaí, Telêmaco Borba, Umuarama e União da Vitória. 

Esta prova é de caráter eliminatório e classificatório, composta por questões objetivas (60) e discursiva (redação). As questões objetivas são relacionadas a assuntos das áreas de Raciocínio Matemático, Língua Portuguesa, Geografia, História, Informática e Legislação (Estatuto da criança e do Adolescente – ECA). 

Após a aprovação em todas as etapas previstas em edital, o candidato participa de Curso de Formação de Soldados (CFSd), que contempla matérias ligadas à Deontologia Policial Militar; Legislação Especial e Institucional; Metodologia Científica; Noções de Direito Constitucional e Civil; Polícia Comunitária; Defesa Pessoal; e Direitos Humanos, entre outros. Nesse período, o soldado de segunda classe recebe uma bolsa-auxílio de R$ 1.933,63. Com a formação, o aluno será promovido a soldado de primeira classe e passa a receber salário inicial de R$ 4.263,67. 

As 2,4 mil vagas serão regionalizadas. Na categoria Polícia Militar, para a Capital e Região Metropolitana são 890 vagas; para a região de Londrina há 270 vagas; para a região de Maringá são 290 vagas; para a região de Ponta Grossa são 305 vagas e, para a região de Cascavel, 245 vagas. Na categoria Corpo de Bombeiros, são 100 vagas para a Capital e Região Metropolitana; 200 vagas para a região de Londrina e 100 vagas para a região de Cascavel.

Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas