Portal da Cidade Douradina

Inovação

Gerador eólico criado por alunos de Vila Formosa gera Sustentabilidade no campo

Além da iluminação de ambientes, os Mini geradores eólicos instalados nas casas dos alunos conseguem gerar energia capaz de carregar celulares.

Postado em 26/11/2019 às 11:13 |

Projeto “Saberes que Iluminam” aborda a importância da utilização das fontes alternativas de energia na conservação dos recursos naturais. (Foto: Portal da Cidade Douradina)

A Escola Municipal Rural de Vila Formosa, em Douradina, é reconhecida pela inovação e a criatividade de seus alunos. Desta vez, o estabelecimento de ensino desenvolveu o projeto “Saberes que Iluminam”, que aborda a importância da utilização das fontes alternativas de energia na conservação dos recursos naturais.

“Como a tendência no futuro é aumentar o consumo de energia elétrica nós tivemos a ideia de criarmos esse projeto e principalmente encontrar uma forma desse conhecimento fazer parte do nosso dia a dia”, comenta a aluna Eloisa, da 5ª série. 

Produtor pode empregar a energia gerada para ajudar a promover o controle de insetos e pragas que prejudicam a sua plantação

Ao Portal da Cidade Douradina, a professora Juliana Laurindo explicou que após muitas pesquisas, foi planejada a criação de um modelo de gerador eólico simples com materiais acessíveis e que pudesse ajudar, por exemplo, na iluminação de uma propriedade rural. “Neste caso, o produtor estará empregando a energia gerada para ajudar também a promover o controle de insetos e pragas que prejudicam a sua plantação, por meio da utilização de armadilhas luminosas”.

Além de contribuir para iluminação de ambiente, os mini geradores eólicos instalados nas casas dos alunos conseguem gerar energia capaz de carregar celulares.

É um trabalho que possibilitou a interação entre a comunidade, a família e a escola, segundo a professora Juliana Laurindo .

O projeto contou com apoio da comunidade, da Prefeitura Municipal de Douradina e de voluntários voltados para educação. “É um trabalho que possibilitou a interação entre a comunidade, a família e a escola, contamos com a participação de vários profissionais, inclusive eletricista e engenheiro civil, trazendo para o dia a dia a aplicação de um conhecimento visto na sala de aula, o que resultou em uma aprendizagem significativa para os nossos alunos”, disse a professora. 

Foi escolhido um modelo de gerador eólico simples com materiais acessíveis e que pudesse ajudar, por exemplo, na iluminação de uma propriedade rural.

O lançamento oficial do projeto aconteceu no dia 17 de outubro e contou com a presença do prefeito João Jorge Sossai, da secretária de Educação Ana Gil Vicentin, do vereador Antonio Gaspar e a comunidade local. Na ocasião foi apresentado um gerador eólico criado pelos alunos.


Fonte:

Deixe seu comentário